9.10.05

Voto NÃO

NÃO

A Tia Helo não possui armas, nunca possuiu, nunca precisou. Qualquer assaltante que invadisse o apartamento dela ou ia morrer de raiva ou ia morrer em consequência dos inúmeros fungos e bactérias que habitam o ecossistema particular dela. Mas acho que ela gostaria de saber que, se quisesse, poderia comprar uma arma legalmente, e isso não é fácil porque além de já existirem leis que regulamentam essa compra e a posse, não se acha armas no shopping e nem em lojas no centro da cidade. Aliás é mais fácil comprar uma ilgealmente e a proibição ao comércio só vai aumentar esse mercado.

Eu sou a favor do desarmamento (principalmente dos bandidos), sei que quem não sabe atirar corre mais risco com uma arma na mão, mas esse tem que ser um processo educativo e não proibitivo. O dinheiro gasto pelo governo nesse referendo onde o que é relamente colocado em pauta é o direito do cidadão (a ligítima defesa, de comprar ou não uma arma, de decidir, etc.), deveria ter sido aplicada no policiameno preventivo, na requalificação das polícias, na reforma da justiça, na educação....a lista é longa.

Por isso eu vou votar NÃO à proibição do comércio de armas de fogo. E a Tia Helo também, afinal ela sabe o que "eles" estão querendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário