10.6.06

B e C

Grupo B
E o grupo B começou com Inglaterra 1 x 0 Paraguai. O único gol foi do Gamarra, zagueiro-que-não-faz-faltas paraguaio, para a Inglaterra, um gol irônico como os ingleses. Os leões contaram com a participação de Crouch, jogador de 1,98m que não é goleiro nem zagueiro, tenho certeza que ele foi escalado pelo pessoal do Monty Python. O inglês aqui em casa ficou feliz com a vitória, mas preocupado com o time que fica recuando pro goleiro (tudo culpa da técnico sueco incompetente).

Colírios: David Beckham, sempre, mesmo sendo metrossexual; Michael Owen, meu preferido, lindo; Joe Cole, macho-que-é-macho; e Roque Santa Cruz, que na foto da Fifa está horroroso, mas em campo é outra coisa. E, claro, o Príncipe William na arquibancada.



O segundo jogo foi Suécia 0 x 0 Trinidad e Tobago. Esse eu não vi, estava na praia. Pelo o que li a Suécia atacou, mas não marcou, Trinidad jogou com um a menos e nem assim a Suécia conseguiu. Só deu para ver os caribenhos comemorando como se tivessem vencido, muito bem T&T!


Grupo C
A Argentina entrou em campo com vontade, mas ela não contava com a força e velocidade dos africanos da Costa do Marfim. Jogo bom, corrido, ataque dos dois lados.

Logo no começo a Argentina teria feito um gol só que o goleiro da Costa do Marfim tirou a bola de dentro do gol depois de uma cabeçada do Ayala, bem feito!! Alegria que durou pouco, o cabeludo Crespo tratou de fazer o primeiro gol da Argentina. Depois disso os portenhos colocaram moral pra cima dos africanos, mas eles não se intimidaram até que Saviola fez o segundo para Argentina. Que saco ver o Maradona comemorando.

No segundo tempo a Argentina estava melhor, e mostrou o jogo catimbado de sempre, mas o time é bom, até demais, que droga. No fim a Costa do Marfim pressionou e fez a alegria do povo ao marcar um gol aos 36min, Drogba, o craque do time.

Apesar de toda a torcida o jogo terminou Argentina 2 x 1 Costa do Marfim.

O time da Argentina sempre tem pelo menos um cabeludo (seboso) e um homem bonito, dessa vez veio só o cabeludo, aliás, dois cabeludos.

O kibeloco sempre com os melhores momentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário