27.3.12

Momento TOC mulherzinha séries (2)

Em 2008 eu fiz um post com os homens da séries que mais gostava. De lá para cá algumas séries foram canceladas, outras acabaram, novas estrearam, então resolvi fazer um update dessa lista.

Sawyer, queria dizer que você mora no meu coração, me chama de freckles e me joga na areia, mas sua série acabou na luz e vamos as novas caras.

1. Don Draper (Jon Hamm) de Mad Men. Esse homem sabe exatamente o poder do seu charme, da sua beleza, e a quantidade de testosterona no seu sangue. Lindo. Usa tudo isso a seu favor, ele conquista todos, das secretárias aos clientes. Um sorriso dele vale ouro. E ele não é um cara legal, mas as vezes é. Gente, eu quero ter filhos do Don Draper. #mulherdemalandrofeelings A série se passa nos anos 60, mas Don seria cool hoje em dia. Macho-que-é-macho até acendendo o centésimo cigarro.




2. Steve McGarrett (Alex O'Laughlin) de Hawaii 5-0. Steve é americano, mas o Alex é australiano e emprestou seu corpinho criado com leitinho especial australiano para esse policial/militar que soluciona crimes no Hawaii, nessa que é a melhor série pipoca da temporada. E sendo no Hawaii, o Steve obviamente aparece um bocado sem camisa. Aloha, macho-que-é-macho! Papapapapa!





3. Rayland Givens (Timothy Olyphant) de Justified. É uma série policial que se passa no interior caipira do Kentucky e Rayland é um marshall (policial que caça fugitivos) que anda de botas de rodeio e um chapéu na maior classe. E aquela fala mansa, sussurada? Macho-que-é-macho com uma pontaria certeira.






4. Vampiro Eric (Alexander Skarsgård)Alcide (Joe Manganiello) de True Blood. (não consegui escolher só um) Frio e quente. O Vampiro Viking que deixa a Sookie louca, também anima as moças do lado de cá da tela. Macho-que-é-macho nórdico vem-morder-meu-pescoço. E o Alcide é o lobisomen sangue quente. Adoro quando ele sente calor e tira a camisa. Macho-que-é-macho suei.





5. Peter Bishop (Joshua Jackson) de Fringe. Ele não sabe a qual mundo pertence, é um nerd, filho de um cientista maluco genial, e está sempre charmoso naquele figurino escuro, de sobretudo. Ele é de uma segurança impressionante, daqueles homens que você sabe que ficará tudo bem. Macho-que-é-macho em qualquer universo.





6. Jax Teller (Charlie Hunnam) de Sons of Anarchy. Definição de bad boy. Motoqueiro, bandido, faz parte de uma gangue de traficante de armas (mas quer sair) e mata pessoas. Ele apanha muito, leva tiros e tal, mas é apaixonado por sua mulher e filhos. Não tem como não gostar desse loirinho. Macho-que-é-macho cheio de tattoos.


7. Nick Brody (Damian Lewis) de Homeland. Eu adoro um ruivinho. O sargento do exército que passou anos sumido e retornou para casa, é um homem perturbado e não sabemos muito bem qual é a intenção dele, mas o episódio na cabana com a Carrie valeu seu lugar nessa lista. Macho-que-é-macho com um detonador.



8. Sheriff Graham (Jamie Dornan) de Once Upon A Time. Ele tem sotaque irlandês, usa roupas hipsters, não quer obedecer a prefeita (e rainha má), e, apesar de não ter coração, é um homem justo. Tem gente que prefere o príncipe, eu gosto mais do caçador. Macho-que-é-macho com uma faca na mão.




9. Will Gardner (Josh Charles) The Good Wife. Nunca fui fã do Mr. Big, então o marido traidor da Alicia não tem vez na minha lista, mas o querido Will, que a contrata depois de 15 anos longe dos tribunais, tem uma química incrível com ela (apesar do péssimo timing) merece estar nessa lista. Macho-que-é-macho, na minha opinião.






10. Mike Ross (Patrick J. Adams) de Suits. Um bom menino nessa lista. Se bem que ele é um cara muito inteligente que se passa por um advogado. Mike sempre tem boas intenções e isso é que vale. Macho-que-é-macho pedalando nas ruas de Manhattan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário