8.8.14

Analisando a música: Somebody Told Me (The Killers)

No início de 2005 um amigo que tinha acabado de voltar dos EUA me ligou e disse que eu deveria comprar um album chamado Hot Fuss de uma banda de Las Vegas chamada The Killers.

"Comprei esse cd e não escuto outra coisa há uns 2 meses, você vai gostar."

Ok, eu acredito. Comprei, escutei e adorei. Não tem uma música nesse album que eu não goste e é ótimo para correr.

The Killers começou a se formar em 2001, mas imagino que uma banda de indie rock (com muita influência de glam, new wave e pós-punk) tenha tido um pouco de dificuldade de se promover na terra do neon, do Liberace, do Elvis na fase cafona e da Celine Dion. Felizmente eles conseguiram e no segundo semestre de 2003 lançaram o single da ótima Mr. Brightside. Em junho de 2004 lançaram o Hot Fuss com um bocado de música boa: Mr. Brightside, All These Things That I've Done (que virou tema de comercial da Nike), Change Your Mind, Jenny Was a Friend of Mine, On Top, Smile Like You Mean It e a analisada da vez Somebody Told Me.

Também gosto do album seguinte: Sam's Town, mas depois de Day & Age não sei mais o que fizeram.

Somebody Told Me era quase música tema de abertura de um lugar meio underground alternativo que eu frequentava aqui em Fortaleza. (Alternativo = um lugar que não toca Forró, Axé, nem MPB, frequentado pelos pré-hipsters locais e por quem gostava música diferente e novidades)

Lembrei dessa música para analisar porque é uma música que no refrão tem fofoca e gente moralmente flexível. Pelo menos não é uma música sobre desilusão amorosa. Ou é?

Breaking my back just to know you name
Seventeen tracks and I've had it with this game
A breaking my back just to know your name
But heaven ain't close in a place like this
Anything goes but don't blink you might miss
'Cause heaven ain't close in a place like this
I said heaven ain't close in a place like this
Bring it back down, bring it back down tonight
Never thought I'd let a rumor ruin my moonlight

O Brandon Flowers disse que quando escreveu essa música ele só queria mostrar o que estava fazendo e vendo nos clubes indies de Las Vegas. Pelo jeito o underground é universal.
Então ele está está lá na balada se virando para saber o nome dela, 17 músicas tocaram e nada dela dar bola (só espero que ele não tenha puxado o cabelo dela porque aí, amigo, você merece um fora mesmo). Parece que o paraíso não nem perto de onde eles estão, traduzindo: é um inferninho em Vegas. E ele diz que vale tudo num lugar como esse. Bem, quase tudo né? E cuidado para não piscar ou então perde o babado. Tudo acontece rapidinho no inferninho.

Aí ele fica sabendo de alguma fofoca que pode estragar a noite dele (moonlight também pode ser um segundo emprego, no caso um disfarce). OU ela dá entender disseram para ela que ele tem uma péssima fama.

Well, somebody told me you had a boyfriend
Who looked like a girlfriend 
That I had in February of last year
It's not confidential, I've got potential

Então, ele rebate dizendo que algum fofoqueiro informante disse para ele que a garota teve um namorado que parecia uma namorada que ele teve em fevereiro do ano passado. Oi? Dá a entender que ele e a menina saíram com a mesma pessoa. Tipo, a ex-namorada dele agora é cross dresser, ou lésbica transgender, e virou ex-namorado dela. Coisas que acontecem num inferninho em Vegas.

OU, como alguém disse no forum, é ele dizendo que o ex-namorado dela não era muita coisa e que mais parecia a ex-namorada dele. (essa opção é sexista e babaca)

Mas parece que não é nada disso, o próprio Brandon Flowers disse numa entrevista que é bem mais inocente, apenas significa que eles namoraram pessoas que se parecem fisicamente e por isso tem alguma afinidade.

Olha, Brandon Flowers, se for só isso, além de ser uma cantada muito ruim, não faz sentido o tal rumor que poderia estragar sua noite.

E ele emenda: "não é segredo, eu tenho potencial." Potencial para o que?? Cantadas cafonas?

Ready let's roll onto something new
Taking it's toll then I'm leaving without you
'Cause heaven ain't close in a place like this
I said heaven ain't close in a place like this
Bring it back down, bring it back down tonight
Never thought I'd let a rumor ruin my moonlight

Aí ele quer mudar de assunto ou tentar outra cantada e diz que a barra está pesando e que vai embora sem ela. Pelo jeito ela não está nem aí e quer continuar no inferninho. E ele ainda preocupado que uma fofoca pode estragar o truque dele.

Well...

A rushing, rushing around

Pace yourself for me
I said maybe, baby, please
But I just don't know now
When all I want to do is try

Aí ele se desespera, está dando voltas no mesmo lugar com essa conversa, não quer ir par casa sozinho e diz: "diminua seu ritmo para mim, eu disse só que talvez, por favor!" mas aí ele muda de idéia, diz que só queria tentar.

Somebody told me you had a boyfriend
Who looked like a girlfriend 
That I had in February of last year
It's not confidential, I've got potential

Mas...alguém disse blá blá blá... Larga dessa fofoca e pensa numa coisa direta e original para dizer que garanto que a menina vai para casa com você.

Claro que o video ia ter muitas luzes, nem que fosse num telão moderno e eles estão no deserto. The Killers é uma banda indie, mas também é de Las Vegas. Vamos pular e dançar!







2 comentários:

  1. Esclareceu muito coisa, porém, eu achei que ele tivesse sentido atração por uma garota lésbica...

    ResponderExcluir
  2. @mayara e pode ser isso também. (a frase "somebody told me you had a boyfriend
    who looked like a girlfriend" é bem confusa mesmo)

    ResponderExcluir