15.10.14

Analisando a música: Walking On A Dream (Empire Of The Sun)

Um leitor do blog está pensando em usar essa música num momento importante na sua cerimônia de casamento e me pediu para analisar. Pedido de leitor do blog é atendido!

Empire Of The Sun é um duo australiano formado por Luke Steele, que veio de uma banda rock/pop chamada The Sleepy Jackson, e Nick Littlemore que fazia parte de uma banda quase techno chamada Pnau. Ambos já tinham colaborado juntos em outras músicas e estavam pensando em projetos solos quando se juntaram. A junção desses dois rendeu um som que vai do synthpop passando pelo glam pop até o rock eletrônico.

Walking On A Dream é do primeiro album da banda de mesmo nome, de 2008. Eles lançaram outro album em 2013, Ice on the Dune, mas esse não escutei ainda.

Então vamos analisar essa música meio psicodélica e saber o que acontece numa caminhada no sonho.

Walking on a dream
How can I explain myself
Talking to myself
Will I see again

Então sabermos que ele está andando num sonho que pode ser: 1) que ele está sonhado que está fazendo o Caminho de Santiago ou 2) que a situação é tão boa, que o amor é lindo, que ele se sente nas nuvens. Não consegue nem se explicar, até fala sozinho e quer saber se vai voltar ao estado normal. (se fosse ele continuava nesse estado mesmo)

We are always running for the thrill of it thrill of it
Always pushing up the hill searching for the thrill of it
On and on and on we are calling out and out again
Never looking down I'm just in awe of what's in front of me

Aí ele diz que estamos sempre buscando a emoção, que insistimos na sensação, afinal quem não quer aquele high de endorfina e adrenalina? Ele nunca olha para trás (ou para baixo no caso de estar subindo algo), admirando sempre o que está em sua frente.

Is it real now
When two people become one
I can feel it
When two people become one

Is it real life? Coisas que nos deixam arrebatados que nem parece realidade. Momento romântico da música: ele sente quando duas pessoas se tornam uma...fofo.

Thought I'd never see
The love you found in me
Now it's changing all the time
Living in a rhythm where minutes working overtime

Ele diz que nunca pensou que fosse ver o amor que o outro (ou a outra) vê nele, que muda constantemente num ritmo onde os minutos estão fazendo hora extra. Coração ligado, beat acelerado. (ops, essa é outra música)

We are always running for the thrill of it thrill of it
Always pushing up the hill searching for the thrill of it
On and on and on we are calling out and out again
Never looking down I'm just in awe of what's in front of me

E continua atrás das emoções...

Is it real now
When two people become one
I can feel it
When two people become one

Dois em um.

Catch me I'm falling

Até parece que está caindo

Don't stop just keep going on
I'm your shoulder lean upon
So come deliver from inside
All we got is tonight that is right 'till first light

"Está tão bom que não vamos parar, pode contar com o ombro amigo, vamos liberar tudo que está dentro (do que?). Só temos hoje a noite e estará tudo certo até a primeira luz." Então é tudo um sonho mesmo? Por que acaba tudo na manhã? Será que ele sabe que está num sonho? Fiquei confusa.

Is it real now
When two people become one
I can feel it
When two people become one

Mas tudo fica certo quando duas pessoas se tornam uma. O amor é lindo.


Para o leitor eu digo: usa a música sim! De preferência com uma coreografia acompanhando.


O video é uma viagem surreal por Xangai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário