8.3.10

E o Oscar...

O Oscar começou com o Neil Patrick Harris fazendo um número musical, que eu não vi inteiro, mas como gosto do Barney, vou dizer que foi legal.

Alec Baldwin e Steve Martin me pareceram um pouco subaproveitados, mas o momento atividade paranormal foi engraçado.

Ben Stiller foi a melhor coisa do Oscar ano passado fazendo o Joaquin Phoenix, e esse ano repetiu a dose fantasiado de Na'vi, com rabo usb.

Gostei da homenagem ao John Hughes.

Nas premiações:
Sandra Bullock, Christoph Waltz (über-bingo), Jeff Bridges e Mo'nique ganharam, mas disso todo mundo já sabia. Melhor fotografia foi para Avatar (com todo aquele CGI), roteiro original para Guerra ao Terror (o de Bastrados Inglórios é melhor), roteiro adaptado para Precious (eu queria Educação). Acho um saco que figurino sempre vai para filme de época, mas a mulher que ganhou por Young Victoria disse que dedicava o Oscar aos que fazem figurinos mais contemporâneos (mas ia levar o prêmio para casa do mesmo jeito). Filme estrangeiro foi para O Segredo dos Seus Olhos, da Argentina, que sempre tem filmes mais legais que os daqui.

E aí a Barbra Streisand foi entregar o prêmio de melhor diretor, meio que já disse quem ia ganhar. Adivinha quem? Katheryn Bigelow, primeira mulher a receber esse prêmio. Gosto muito de Caçadores de Emoção (aquele do Keanu Reeves agente do FBI disfarçado de surfista com o Patrick Swayze), e realmente ela fez um belo trabalho em Guerra ao Terror.

Já o mesmo Guerra ao Terror levar melhor filme eu não concordo, gostei mas não é essa coisa toda. Avatar também não era o melhor. Por mim ganhava Bastardos Inglórios, melhor filme na lista dos 10. #prontofalei

Tive a impressão que queriam encurtar e agilizar a festa, mas aí na apresentação de melhor ator e atriz foi um lenga-lenga sem fim. Não teve apresentacão das músicas indicadas, mas teve um balé chato e longo. E no fim o Tom Hanks anunciou o melhor filme como se tira um band aid, de uma vez. Não deu nem tempo do James Cameron se dar conta que perdeu.

Não vi quase nada do red carpet, mas, do que eu vi, achei a Sigourney Weaver muito bonita. Dos homens, Colin Firth, George Clooney (sempre) e Sam Worthington (sem os óculos) estavam lindos.

Jack Nicholson já esta ausente há dois anos. Volta Jack, esse pessoal está muito careta.

Um comentário:

  1. Ricardo Rezende8:36 PM

    "E no fim o Tom Hanks anunciou o melhor filme como se tira um Band Aid". Hahaha! Ótimo, como todo o post.
    Beijos,
    Ricardo

    ResponderExcluir