12.7.10

10 livros em 10 dias - 5) Livro que mais me fez ter a atenção nele

Rant - Chuck Palahniuk

O Chuck Palahniuk experimenta muito com a forma de escrever seus livros e esse é escrito em forma de entrevista. Não existe um narrador, só as pessoas que conheciam o personagem principal dando suas versões para os acontecimentos. E em cada capítulo tem de 5 a 7 pessoas contando versões para o mesmo fato.

O livro conta a história de Rant Casey, um psicopata que quando era criança foi mordido várias vezes por aranhas, morcegos e outros animais e assim ele é portador de raiva, porém não desenvolve a doença. O modus operandi dele é passar raiva para suas vítimas. Além disso ele tinha um talento/poder que era saber o que pessoa tinha comido ou se estava doente (e qual era a doença) ao sentir o gosto da pessoa (entenda como quiser). Tudo se passa num futuro caótico onde as pessoas são divididas entre 'do dia' e 'da noite', e ficam disputando corridas e batidas nas estradas.

Tem uma viagem no tempo no meio da trama, e acho que já deu para entender porque exigiu muita concentração para ler, além de prender a atenção para saber o final.

O Chuck Palahniuk é um dos meus autores favoritos, ele descreve o corpo humano e tudo que pode acontecer com ele em ricos detalhes, as vezes é poético e outras nojento mesmo. Já li 6 livros dele, cada um é muito diferente do outro, mas todos são bizarros e com um pé no fantástico. Como disse o crítico do NYT, Chuck não escreve para turistas. Gostei muito de todos que li, o melhor foi Lullaby (aqui um ótimo post do CA), mas isso eu conto outra vez.

Rant ainda não virou filme, mas Clube da Luta e Choke sim.

Um comentário:

  1. um autor que não se prende a um estilo? legal!

    ResponderExcluir