7.7.11

Copa do Mundo


De futebol feminino.

Não tenho talento nenhum para jogar futebol, nem como goleira, mas gosto de ver e de torcer.

A primeira vez que vi um jogo oficial feminino foi nas Olimpíadas de Sydney. Quando fui comprar ingressos já tinha poucos disponíveis, mas a disputa da medalha de bronze e de ouro do futebol feminino tinha. E o Brasil disputou o bronze contra a Alemanha.

Cheguei no estádio com um amigo inglês e sentamos perto de alguns australianos animados. Com 10 minutos de jogo eu pude ver que seria muito melhor do eu esperava. O Brasil perdeu, mas foi um jogo emocionante. Melhor ainda foi a final entre EUA e Noruega, e as norueguesas venceram. O que eu posso dizer do futebol feminino é que ele é mais corrido, tem menos catimba, menos drama, menos frescura. Elas driblam, chutam forte, chutam de fora da área, passam mais a bola, ou seja, tudo que os homens fazem e um pouco mais.

A Copa do Mundo de Futebol Feminino começou a ser disputada na China em 1991. De lá para cá as americanas venceram 2 vezes, as alemãs idem, e as norueguesas uma vez.

Então, semana passada começou a 6ª Copa do Mundo de Futebol Feminino na Alemanha. Poucas pessoas sabem disso porque todo mundo (jornais e tvs) só fala da Copa América.

Só falam do Neymar, Pato, Ganso, etc, who cares? Quando lembram do futebol feminino só falam da Marta, e ela é genial, mas não joga sozinha, o Brasil tem muitas jogadoras boas (Rosana, Cristiane, Formiga).

Nessa Copa a seleção brasileira já ganhou três jogos, fez 7 gols, e saiu em primeiro lugar no grupo. O próximo adversário, nas quartas-de-final, é os EUA, que perdeu ontem para Suécia, e o jogo é eliminatório.

O jogo é domingo, dia 10, 12:30.

O Brasil já enfrentou os EUA 23 vezes ao longo dos anos, as americanas venceram 19 vezes e empataram 2. Ok, a estatística não é favorável, mas garanto que o jogo vai ser bom.


2 comentários:

  1. Ricardo Rezende8:38 PM

    Taí, nunca assisti a um jogo de futebol feminino... Seu post acendeu minha curiosidade.
    Beijo,
    Ricardo

    ResponderExcluir
  2. As mulheres estão mandando no mundo. Beyoncé tinha razão.

    Bjão, linda.

    ResponderExcluir