17.11.15

Maracanã





A primeira vez que fui no Maracanã eu tinha 12 anos. Fui com um amigo do prédio, o pai dele (que nos levou) e uma americana que estava hospedada na minha casa. Fomos ver um Fla x Flu e foi emocionante. Foi quando me tornei flamenguista.


Naquela época o estádio ainda era praticamente o mesmo desde 1950, quando foi construído para Copa daquele ano. Tinha cadeiras que ficavam embaixo da arquibancada, ainda tinha geral (um fosso entre as cadeiras e o campo onde os ingressos eram mais baratos e as pessoas viam praticamente os pés dos jogadores) e os banheiros eram podres.



De lá para cá fui várias vezes ao estádio tanto para ver jogos quanto para shows (Rock in Rio 2, Sting, Rolling Stones, The Police).

O Maracanã passou por várias reformas e a última foi para Copa de 2014. Eu ainda não tinha ido no estádio depois dessa última reforma então hoje fui até lá buscar uns ingressos (para mais um show - Pearl Jam), aproveitei e fiz o tour guiado.



O tour começa pela área de imprensa que tem uma ótima visão do campo. Depois vai até a tribuna de honra (com cadeiras confortáveis), entra num camarote, desce até a parte das cadeiras do Maracanã mais (cadeiras com direito comida e bebida), vai para o vestiário e o campo, e termina na sala de entrevistas.



O Maracanã hoje é um estádio ecológico, tem painéis solares e faz captação da água da chuva que usa nos banheiros e no campo.



A guia conta várias curiosidades (onde a Alemanha fez o gol da vitória na Copa de 2015, histórias de alguns jogos e jogadores, etc), a mais curiosa foi que o maior público que o Maracanã teve foi de 250 mil pessoas num show do Kiss. Isso mesmo. Kiss. Rock n' roll all night and party every day.



O estádio está aberto a visitação todos os dias e pode ser visitado com tour guiado ou sem guia. A única diferença entre os dois além do preço e do guia, óbvio, é que o tour guiado visita um dos camarotes (o que não achei nada especial). Para chegar lá o melhor jeito é pelo metrô, na saída da estação Maracanã tem uma rampa e a bilheteria e entrada para o tour fica no fim dela. Mais informações no site do Maracanã.

O tour no estádio vazio é bacana, mas bom mesmo é o Maracanã cheio em dia de jogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário