16.10.13

Analisando a música: Do I Wanna Know? (Arctic Monkeys)

Arctic Monkeys é uma banda inglesa, de indie rock, de Sheffield, formada em 2002 e veio na mesma leva que Franz Ferdinand, Kaiser Chiefs, The Libertines, Bloc Party e mais algumas.

Tenho os dois primeiros albuns da banda, Whatever People Say I Am, That's What I'm Not (2006) e Favourite Worst Nightmare (2007), depois esqueci deles até o lançamento, esse ano, do novo album AM.

Os dois primeiros tem várias músicas que gosto muito, dançantes, boas para correr, como: I Bet That You Look Good On The Dance Floor, Fake Tales of San Francisco, Mardi Bum, Fluorescent Adolescent, If You Were There Beware, When The Sun Goes Down.

O album novo está muito bom. A música inicial de trabalho foi a analisada da vez, que veio com um video fantástico (e um pouco bizarro), e, além dela, também gostei de R U Mine?, Arabella, I Want It All, Knee Socks e da deliciosa Snap Out Of It.

Mas vamos falar de Do I Wanna Know?. É uma música que tem um tom grave, um pouco pesado, como se fosse uma conversa íntima, uma batida marcante e um riff que impõe um ritmo ao papo, e depois cresce. É uma música sobre... wait for it....paixão e desejo. Pode ser uma DR ou uma declaração. Talvez os dois se conheçam bem mas não estão juntos como casal, ou se separaram e querem voltar, ou ele sempre gostou dela e só agora decidiu dizer alguma coisa. As possibilidades são muitas.

Vamos analisar.

Have you got color in your cheeks
Do you ever get the feeling that you can't shift the tide
That sticks around like something's in your teeth
And some aces up your sleeve
I had no idea that you're in deep
I dreamt about you near me every night this week
How many secrets can you keep?
'Cause there's this tune I found that makes me think of you somehow
When I play it on repeat
Until I fall asleep
Spilling drinks on my settee

Ele deve ter pego ela de jeito, olhou nos olhos tanto que ela corou e ele filosofa sobre mudar a maré, coisas que grudam (usando como metáfora aquela folhinha de alface que fica no dente), e truques na manga. Acho que ele já estava querendo se declarar há algum tempo mas não tinha tido coragem.
Aí ele percebe que pode ser que ela também esteja envolvida (profundamente) e diz "Sonhei com você todas as noites dessa semana. Você pode guardar um segredo? Tem uma música que me faz pensar em você quando a toco no repeat, até dormir, derramando a birita no sofá." Achei fofo tocar a música no repeat pensando nela até dormir.

(Do I wanna know)
If this feeling flows both ways
(Sad to see you go)
Was sorta hoping that you'd stay
(Baby we both know)
That the nights were mainly made for saying
Things that you can't say tomorrow day

Esse refrão ótimo! Será que ele quer saber se o sentimento é recíproco? Sim ou com certeza? Mas ela está indo embora (OI?) e ele meio que gostaria que ela ficasse. Afinal, as noites foram feitas para falar coisas que não consegue dizer no dia seguinte. Ele ainda está inseguro, mas jogou as cartas na mesa.

Crawling back to you
Ever thought of calling when you've had a few
'Cause I always do
Maybe I'm too busy being yours to fall for somebody new
Now I've thought it through
Crawling back to you

Rastejando de volta para você. Ras-te-jando, gente. Acho que ele sempre foi fascinado por ela, tentou desistir, tentou se interessar por outra, mas não conseguiu. Aí ele diz que toda vez que toma umas pensa em telefonar. Quem nunca? E finalmente conclui que está muito ocupado sendo dela para se interessar por outra pessoa. (que lindo!) Como crawl também é engatinhar e se arrastar, vou dizer que ele volta para ela de quatro no chão. Pah!

So have you got the guts?
Been wondering if your heart's still open
And if so I wanna know what time it shuts
Simmer down and pucker up
I'm sorry to interrupt it's just I'm constantly 
On the cusp of trying to kiss you
I don't know if you feel the same as I do
But we could be together, if you wanted to

"E aí, você tem coragem?" Bufo! Desafiou. Pergunta se o coração dela ainda está aberto e que horas fecha (como se fosse o horário do pub, será que ele espera um sino tocar?). "Segura a onda e faz biquinho, estou sempre a beira de te beijar." Ui ui ui, beija logo! Mas ele se segura e diz que não sabe se ela sente o mesmo, mas que poderiam ficar juntos se ela quisesse. (E ela está esperando o que?)

(Do I wanna know)
If this feeling flows both ways
(Sad to see you go)
Was sorta hoping you'd stay
(Baby we both know)
That the nights were mainly made for saying
Things that you can't say tomorrow day

Crawling back to you
Ever thought of calling when you've had a few
'Cause I always do
Maybe I'm too busy being yours to fall for somebody new
Now I've thought it through
Crawling back to you

(Do I wanna know)
If this feeling flows both ways
(Sad to see you go)
Was sorta hoping you'd stay
(Baby we both know)
That the nights were mainly made for saying
Things that you can't say tomorrow day

O refrão é repetido como se fosse uma constatação de tudo que ele disse antes. Acho que quando ele diz que as noites foram feitas para dizer coisas que não tem coragem de falar no dia seguinte, é para ela tomar coragem e se decidir. Adoro esse "crawling back to you" num tom grave.

(Do I wanna know)
Too busy being yours to fall
(Sad to see you go)
Ever thought of calling darling?
(Do I wanna know)
Do you want me crawling back to you

Nesse refrão final ele já disse tudo que queria dizer, se declarou, o amor é lindo, está ocupado sendo dela, ainda se pergunta se quer mesmo saber, e diz "Querida, você já pensou em ligar? Você quer que eu volte rastejando para você?". The ball is in your court.

Esse video é muito bom. Na parte bizarra parece que estamos dentro de uma mente um pouco suja, mas é bem feito. Aperta o play, aumenta o som, e coloca no repeat.

4 comentários:

  1. Anônimo2:37 PM

    Muito boa a análise!!!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo12:21 AM

    Tantas e tantas vezes escutando essa música... Apenas por gostar e já li também muitas vezes a tradução e mesmo tentando tirar algo dali muitas vezes não faz sentido e sempre deixei de lado e apenas continuava curtindo a música e aqui estou eu pela segunda vez vendo uma análise de uma música na vida e olha o quão maravilhoso é o que a música quer dizer, mesmo tendo consciência de que existem muitas formas de analisar e pode aparecer hoje ou amanhã uma pessoa pensando diferente sobre algumas coisas. Enfim isso serviu para deixar a música mais maravilhosa do que já é para mim. obrigado..................... acho que fiquei em choque rsrs''

    ResponderExcluir