12.11.11

Momento TOC: Top 10 Comprei pelo título

Essa semana o Pedro Almodovar lançou um livro sobre sua trajetória no cinema com o título "The Pedro Almodovar Archives". Achei um ótimo título. Se fosse um livro de ficção seria mais bacana, compraria sem folhear. Então decidi fazer uma lista dos livros que comprei, nos últimos anos, só pelo título, sem nem saber da sinopse.

1) Como Me Tornei Estúpido, de Martin Page. Com um título desses, praticamente um auto-ajuda, eu tinha que ler, né? E gostei muito, risadas garantidas.

2) A Gente Se Acostuma Com O Fim Do Mundo, também do Martin Page. Um título filosófico eu não podia deixar passar. Pena que não é tão divertido quanto o anterior, mas vale a pena.

3) All My Friends Are Superheroes de Andy Kaufman. No mínimo curioso alguém que todos os amigos são super heróis, e o livro é uma fábula sobre o amor. Fofo.

4) Breve História De Quase Tudo, de Bill Bryson. Esse título é irresistível para curiosos. E o livro é isso mesmo, do big bang a evolução das espécies de uma forma que todos entendem.

5) Skippy Dies de Paul Murray. Como assim Skippy morre? Quem, ou o que, é Skippy? Morre de que, como? Já li e descobri tudo isso.

6) Mentes Criminosas e Crimes Assustadores de John Douglas e Mark Olshaker. Como eu tenho a maior curiosidade com serial killers esse livro me pegou na primeira parte do título: mentes criminosas.

7) Extremely Loud & Incredibly Close de Jonathan Safran Foer. Acho que foi o extremamente e o incrivelmente que me atraíram. Um livro sensível sobre um menino atrás de decifrar uma mensagem deixada por seu pai que morreu nas torres gêmeas.

8) Drinking At The Movies de Julia Wertz. Lembrei de um amigo que levava uma garrafa de vinho para dentro do cinema e imaginei que seriam críticas alcoolizadas de filmes, mas não, é uma graphic novel sobre a mudança de uma escritora de San Francisco para NY. É divertido, mas fica a dica para quem quiser escrever um livro sobre filmes depois de tomar umas no cinema.

9) The Imperfectionists de Tom Rachman. Se fosse Os Perfeccionistas eu não teria comprado esse livro, a imperfeição tem mais graça. Um ótimo livro sobre os funcionários de um jornal de lingua inglesa em Roma.

10) De Cada Amor Tu Herdarás Só o Cinismo do Arthur Dapieve. Como resistir um livro com título de novela mexicana? O livro é legal, nada especial, mas tem muita referência pop, especialmente de música.


Da próxima vez faço uma lista dos que eu comprei pela capa.

2 comentários:

  1. Anônimo7:57 PM

    De Cada Amor Tu Herdarás Só o Cinismo...

    Já ouviu falar de Cartola? Uma música chamada "O Mundo é um Moinho"? Nada de novela mexicana, babe.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Conheço o Cartola, mas não sabia que essa frase era de uma música dele. Valeu. (mas não deixa de ser um ótimo título de novela mexicana)

    ResponderExcluir