17.5.15

Analisando a música: Young Folks (Peter Björn and John)

A Air New Zealand tem os melhores videos de segurança de qualquer companhia aérea. Conseguem fazer uma coisa necessária, mas repetida e enfadonha, divertida. Quando estive lá em 2011, no meio do mundial de Rugby, o video no avião era com jogadores participando. Depois fizeram a versão Senhor dos Anéis.

Dessa vez eles fizeram uma versão surf que eles chamaram de Safety Safari e ficou ótimo! Adoro surf.

Além das instruções de segurança, lugares para onde a companhia voa, muitas cenas de surf, Mick Fanning, Gabriel Medina, Laird Hamilton, Ricardo Christie e outros surfistas neozelandeses, tem uma música delícia tocando ao fundo.

A música é Young Folks da banda Peter Björn and John.

A banda foi formada em 1999 e, obviamente, tem 3 integrantes: Peter, Björn e John. São suecos (claro, tem um Björn no meio) e som deles é um pop rock indie. Young Folks, do terceiro album da banda Writer's Block de 2006, é o maior sucesso deles.

Conheço pouco a banda, tenho umas 4 músicas deles no meu iPod, são todas boas. (os suecos tem bandas boas: The Hives, The Cardigans e o ABBA é claro)

Vamos ver o que diz essa música com uma batida tão easy going quanto os surfistas do video de segurança.

If I told you things I did before
Told you how I used to be
Would you go along with someone like me?
If you knew my story word for word
Had all of my history
Would you go along with someone like me?

A bateria e batida inicial é muito boa e aí entra um assobio. Já estou no clima vida boa, daquelas pessoas que andam assobiando com a mão no bolso. Dizem que tem o assobio porque depois iam colocar outro instrumento, mas viram que o assobio era que dava um tchan na música. Concordo.
Então, o rapaz que está interessado na moça deve ter um passado nebuloso (mas deve ter mudado) e por isso, na vontade de ser honesto, ele pergunta: "Se eu te contasse tudo que fiz antes, como eu era, tim tim por tim tim da minha história, você sairia com alguém como eu?"

I did before and had my share
It didn't lead nowhere
I would go along with someone like you
It doesn't matter what you did
Who you were hanging with
We could stick around and see this night through

Essa música é um dueto e a Victoria Bergsman (da banda também sueca The Concretes) faz o vocal feminino. Ela está a fim, diz que sim e que também já teve as experiências dela, não se importa com o que ele fez nem com quem ele saiu. Sugere que vejam como a noite vai.

And we don't care about the young folks
Talking about the young style
And we don't care about the old folks
Talking about the old style too
And we don't care about their own faults
Talking about our own style
All we care about is talking
Talking only me and you

Aí vem esse refrão ótimo, que gruda na cabeça. Eles não querem saber dos jovens com suas novidades, nem dos velhos com sua nostalgia, não querem saber dos problemas dos outros, só querem é conversar, só os dois. Acho justo.

Usually when things have gone this far
People tend to disappear
No one will surprise me unless you do

Aí ela diz que quando as coisas chegam nesse ponto (que fico na dúvida se é onde ela conta coisas sobre ela ou se já passou da fase da conversa) as pessoas tendem a desaparecer. Ela já não se surpreende mais com as pessoas, mas acha que com ele pode se surpreender sim.

I can tell there's something going on
Hours seem to disappear
Everyone is leaving, I'm still with you

Ai, gente, que fofo, ele está sentindo um clima, as horas passam e ele nem sente. Todos vão embora mas ele fica. Acho que rola hein?

It doesn't matter what we do
Where we are going to
We can stick around and see this night through

Os dois cantam juntos que não interessa o que vão fazer ou onde vão, que vão ficar juntos e ver como a noite vai.

And we don't care about the young folks
Talking about the young style
And we don't care about the old folks
Talking about the old style too
And we don't care about their own faults
Talking about our own style
All we care about is talking
Talking only me and you 

E quem quer saber do futuro e passado quando o presente é o que importa?
Só os dois conversando. Aiquelindo.

(insira um assobio aqui)


O video é um desenho animado bonitinho.




E aqui o video de segurança.

Um comentário:

  1. Realmente uma música singular não é?
    Espero que o sentimento da música perdure por muito tempo ainda, pois sempre me faz ficar de bem com a vida e ver que, quando se está com alguém pelo qual realmente vale a pena perder horas de conversa, nada nem ninguém mais importa.

    ResponderExcluir