27.10.10

Luang Prabang, Laos




Sair de Hanoi e chegar em Luang Prabang foi sair de 1000 buzinas por hora para nenhuma. De 80 para 8.

Luang Prabang eh uma cidade pequena, turistica, cheia de templos budistas e um palacio real, da epoca que o Laos tinha reis. A parte principal da cidade consiste de uma rua principal, com casas coloniais, que deve ter 2kms, 2 quarteiroes para os dois lados que dao em 2 rios, o Mekong de um lado e o Nam Khan de outro, e um morrinho no meio. Nessa pequena area tem 20 templos, todos com muito dourado.

rua principal

colonial

templo

porta do templo (tinta dourada nao falta)

tambor

outro templo, com uma arvore de mosaico

Os templos daqui sao escolas de formacao de monges e a cidade esta cheia deles.

monges passeando

Os monges so comem ate meio dia, e toda comida eh doada pela comunidade. Eh um ritual religioso local todos acordarem cedo dar comida aos monges. Eles saem em fila pela rua e vao pegando o que oferecem.

fila

mulheres esperando a fila passar (uma delas eh gringa participando do ritual)

monges recebendo a comida

Observacao do Nick: "Eu tambem quase fui monge. Quando trabalhava na plataforma acordava as 5 da manha, vestia um macacao laranja, comia um arroz grudento e vivia com almas perdidas.".

Tambem eh uma cidade de turismo de aventura. Aqui oferecem rafting, bicicleta off road, fazenda de elefantes, trekking nas montanhas, cachoeiras, etc. Tem tambem turismo relax como um passeio pelo Rio Mekong, muitos lugares para fazer massagem e bons restaurantes.

no rio mekong

A comida do Laos eh um pouco diferente dos outros lugares da Indochina em que estivemos. O prato tradicional daqui eh o sticky rice, um arroz unidos venceremos feito no vapor. O sticky rice vem numa cumbuca de palha e voce tira com a mao, faz um bolinho e coloca no molho, ou junta com a carne, vegetais, etc.

sticky rice

A maior parte dos hoteis aqui nao oferecem cafe da manha, mas a cidade eh cheia de cafes e restaurantes proprios para isso. Alias, uma das atividades locais eh ficar sentada num desses cafes vendo os monges, os turistas e o tempo passar.

A noite, a rua principal fica ainda mais bonitinha coma luzes vindo das lojas e restaurantes. Na rua principal tem o night market, tambem conhecido como: feirinha. Foi uma das feirinhas mais organizadas e limpas que ja vi, alem de ter um artesanato muito bonito e colorido com muitos trabalhos em seda feitos a mao. O interessante eh que na feirinha so tem mulheres vendendo.

luang prabang by night

night market

esses banquinhos sao para o cliente sentar, ver o produto e negociar

Os locais sao educados, mas nao esbanjam a simpatia dos vizinhos cambojanos. As mulheres andam com uma especie de saia-canga e os homens sempre de calca e camisa. Para entrar nos templos tem que cobrir os ombros.

Passeamos um pouco pela estrada, o transito eh mais educado, ninguem buzina, tem poucos carros e motos. Os tuk tuks sao diferentes dos da Tailandia e do Camboja, os daqui cabem 6 pessoas atras e a moto eh off-road. O que me impressionou na estrada foram as criancas andando no quase-acostamento, a mais velha devia ter 6 anos, e elas vao tranquilamente. Os carros nao correm, ninguem eh estressado e a sensacao de perigo eh zero.

tecendo com seda

O Rio Mekong, tem 4.350km vem da China, passa aqui no Laos, na Tailandia, no Camboja e desemboca no Vietnam. Aqui em Luang Prabang ele eh barrento, e com uma correnteza forte.

barquinhos no mekong

eh melhor nao roubar, as aguas do mekong nao perdoam

Amanha saimos da calma e voltamos para Bangkok. De 8 para 75.

Mais fotos do Laos no Flickr.

Um comentário:

  1. Ricardo Rezende11:22 AM

    Pelo jeito os ladrões não sabem nadar, né?
    Ótimo relato, como de costume.
    Beijo e boa continuação de viagem,
    Ricardo

    ResponderExcluir