7.10.10

Dublin para Sue



A Sue, sobrinha numero um da Tia Helo, adora todas as coisas celtas, em especial a Irlanda e o Bono Vox.

Dublin eh uma cidade relax, apesar do frio, todo mundo aqui esta de bom humor. Talvez seja pela quantidade de Guinness que bebem. Onde chove 10 vezes por dia, tivemos a sorte de 3 dias de sol.

dublin castle

Nao eh uma cidade grande e eh facil percorrer tudo a pe. Fizemos um walking tour que nos levou: ao castelo de Dublin, Christchurch, Temple Bar (o bairro dos pubs), a Wall of Fame, Trinity College (que tem uma biblioteca imitada pelo George Lucas), o parlamento e St. Stephen's Green. O guia nos contou a historia da Irlanda (eh sofrimento que nao acaba mais, e sempre dao a volta por cima). Fiquei sabendo que o Bob Geldof e o Bram Stoker sao irlandeses.


bell tower do trinity college

famosos

temple bar

st. patricks cathedral

Andamos pelo Merrion Square onde tem a casa do Oscar Wilde, e em frente, no parque, uma escultura dele sentado muito a vontade olhando sua casa. Passeamos na Grafton Street, a rua que o ruivinho de Once tenta ganhar dinheiro. Fomos a Chester Beatty Library, uma colecao de escritos religiosos e aqui esta o segundo alcorao mais antigo do mundo. Em Temple Bar vimos o hotel que o U2 foi barrado e depois que ficaram ricos, compraram. Obviamente, fomos a Storehouse da Guinness, uma disney da cerveja com direito a um pint no Gravity Bar que tem vista de toda cidade. E, sim, o gosto da Guinness aqui eh melhor.

grafton street


Estamos em um hotel otimo em Temple Bar, que tem um pub e na primeira noite jantamos la com uma banda e um show de danca irlandesa. Haja perna e folego.

Fomos ver o studio e alguns quadros do Francis Bacon, um artista contemporaneo irlandes, muito interessante.

Aqui tem ate um museu do leprechau, no fim do arco-iris (cobrando o pote de ouro para entrar).

museu do leprechau para la

A Irlanda eh berco de muitos escritores famosos, entre eles: Samuel Beckett, George Bernard Shaw, Oscar Wilde (adoro!), Yeats e James Joyce. Aqui tem um museu dedicado aos escritores.

casa do oscar wilde

Em Ulisses, Leopold Bloom, passa um dia andando pela cidade, e aqui tem umas placas no chao indicando onde ele passou e qual capitulo do livro. Eu desisiti de ler Ulisses na metade, mas depois de um passeio pela cidade estou determinada a terminar.

placas indicando o caminho de leopold bloom

Sue, eu nao vi o Bono Vox, mas o guia disse que ele gosta de aparecer na Grafton Street, fazer uma jam session com outros musicos e arrecadar uma grana para caridade.

hotel do U2

Agora vou ali beber uma Guinness que amanha o destino eh outro.


Um comentário:

  1. Anônimo3:19 PM

    Eh isso ai Karine!! Estamos curtindo o seu blog! Muito bom, estamos viajando contigo. Nao deixe de atualiza-lo sempre!
    Beijos,
    Tinto e Sam.

    ResponderExcluir